Top 100 veganos brasileiros mais influentes em 2018


O ano de 2018 foi repleto de veganos que se destacaram no Brasil. Eles causaram grande impacto e influenciaram o público, a mídia, ou mesmo foram importantes dentro do movimento vegano. Nós resolvemos então selecionar + de 100 veganos que fizeram a diferença.

A lista busca ser imparcial e inclue veganos todas as vertentes: abolicionistas, pragmáticos ou interseccionais, ateus ou religiosos, junk ou crudi, pró-ciência ou holísticos, polêmicos ou não e são excluídos os membros da vegpedia. Confira abaixo!

#115 Marina Godward

Marina deu dicas para ajudar quem pretende se tornar vegano, falou sobre produtos naturais e também sobre culinária em seu canal no YouTube e em suas outras redes.

View this post on Instagram

mima, seu suco de laranja diário e seu canudo de aço inoxidável estão passando na seu feed para falar sobre PLÁSTICO ~ essa coisa polêmica que vem gerando tanto assunto atualmente 🙈 nessa onde de zero lixo / sem plástico / sem descartável e etc. eu tenho percebido que muita gente não entende muito bem o que a gente (a gente = eu + todas pessoas que militam por essa causa) quer dizer, então resolvi explicar. 1. nah, eu NÃO ESPERO QUE VOCÊ VIVA SEM PLÁSTICO. eu reconheço o papel do plástico em todo o nosso progresso científico e eu não acho que ele seja o vilão da história. o vilão da história é nosso o consumo: desenfreado, anti-materialista e inconsequente. 2. antes de qualquer coisa, eu preciso que você entenda QUE O MUNDO REAL NÃO É 8 ou 80. abolir os canudinhos, mas continuar usando seu celular não faz de você um hipócrita, assim como tomar antibiótico não faz você menos vegano. SIM, eu quero você use menos plástico. que você largue canudo, copo e prato descartável. quero te mostrar que é possível comprar toda sua comida sem plástico. que dá pra limpar a casa, o cabelo e o corpo sem plástico também. mas NÃO, eu não espero que você viva sem plástico. nem eu pretendo sem plástico. eu não abriria mão da minha câmera fotográfica, do meu computador, do meu celular e dos meus livros com capas plastificadas. eu provavelmente ainda vou precisar de injeções e outros procedimentos de saúde. eu ainda ando de carro e não pretendo largar minha bike. eu reconheço tudo isso isso. eu sei, às vezes a gente parece radical, mas juro que a gente não é. a gente não quer que você vire sua vida de cabeça pra baixo e viva como um homem da idade da pedra. a gente só quer que você faça HOJE, TUDO O QUE PUDER. talvez você não possa viver sem plástico, mas você com certeza pode usar muito muito menos dele. deixa aqui em baixo DICAS PARA A GALERA QUE DESEJA CONSTRUIR UM MUNDO MELHOR ~ como a gente pode viver com menos plástico?

A post shared by M I M A 🌻 (@marinagodward) on

#114 Ana Kariline

Ana fez ativismo pelo Não Mate, no YouTube e em suas outras redes.

View this post on Instagram

Finalmente comi o @sorvetemondo das meninas do @viewganas . Sem dúvida o melhor sorvete q eu já comi, fiquei muito feliz, parabéns meninas! 👏🌱 Feliz não só pelo sorvete novo, mas tbm pelo avanço do veganismo. Na época em q me tornei vegan, não existia nada dessas coisas. Mas deixando de lado os produtos e o mercado, a felicidade maior é ver que cada dia que passa o número de pessoas que se tornam veganas só aumenta, e com isso aumenta tbm nossa esperança de viver em mundo melhor. Me emociono muito vendo muitos veganos ativos na causa, lutando tbm por causas sociais (pq tbm é preciso lutar) e fazendo de tudo para viver em um mundo sem explorados e sem exploradores. Essa batalha é dura, mas não é impossível. 💚 Ps: foto tirada no @mountzion_vegan , lugar que conheci ontem e me apaixonei, por favor conheçam esse lugar!🙏 #vegan #sorvetemondo #tattoo #vegana

A post shared by Ana Kariline (@aninhavegan) on

#113 Cristal Muniz

Adepta do Lixo 0, uniu a filosofia ao veganismo e ensinou como consumir de forma a causar um menor impacto ao meio ambiente.

View this post on Instagram

Coxinha de jaca com couve no lugar do guardanapo da @coxinhavegana, sushis veganos do @sushimarvegano, burger do @animal_chef no meu guardanapo, colherzinhas comestíveis da @okabioembalagens pra provar as manteigas vegetais da @biopora_veg, shake com leite da @ataldacastanha no meu copinho e comidas do @congolinaria que eu levei no meu copinho @menos1lixo pra não desperdiçar. 🌿 Ufa! Isso tudo pra mostrar quanta alternativa a gente tem pra comer fora de casa sem gerar lixo, sem precisar de plástico. Tanto do nosso lado como indivíduo quanto do lado das marcas. ☺️✨ Muitas vezes é mais simples do que a gente acha que vai ser. _ #umanosemlixo #umavidasemlixo #zerowastehome #lixozero #desperdiciozero #zerowaste #umlixoamenos #elenão #vegfestbrasil2018

A post shared by Cristal Muniz (@cristalmuniz) on

#112 Nathalia Mota

Engenheira florestal divulgou o veganismo e diversas receitas em seu instagram.

View this post on Instagram

Espetinho vegano de abobrinha, tomate, pimentão, cenoura e frango vegetal, shimeji assado, legumes assados no carvão (berinjela, batata e cebola), patê de alho, vinagrete, pão francês, cerveja e caipirinha. Pra mim isso é o melhor tipo de churrasco que tem! Principalmente se estiver ao lado de pessoas que você ama e que respeitam suas escolhas de vida (e eu estava! 💚). Se tudo for vegano, melhor ainda! Muito melhor!! Mas se você for convidado pra um churrasco e quiser ir, pode fazer alguma dessas opções veganas e levar…que tal? A minha realidade ainda é essa (mas aceito convites para churrascos veganos!!!!! 😋). Tem receita de tudo isso em #veganismoevidachurrascoveg mas qualquer dúvida pode perguntar aqui!! 😘 . . . . . . #churrascoveg #churrascovegano #veganismoevidareceitas #veganbarbecue #comidavegana #oqueveganocome #veganfood #mulheresveganas #segundasemcarne #veganismo #comidavegetariana #vegetarianismo #churrascovegetariano

A post shared by Nathalia Mota Ribeiro 🌱 (@veganismoevida) on

#111 Rafael Tortella

Participou de ativismo diversas vezes e divulgou o veganismo em suas redes.

#110 Gustavo Guadagnini

O diretor geral do Good Food Institute Brasil ajudou a conceber pesquisas e desenvolver estratégias para o mercado da carne limpa.

#109 Daniel Dan

Daniel é dono de diversos grupos veganos onde faz um ativismo incisivo e polêmico. Acabou tendo um deles roubado por ativistas que divergiam dos seus métodos.

#107 e 108 Juliana Molina e Elton Bastos

Donos da Agência de Viagens Vegan4You, eles trouxeram experiências de viagem conscientes para veganos e não-veganos. Além disso promoveram o veganismo em seus blogs SPVeg e na VeganWeek.

#106 Rayanne Galavotti

Rayanne ajudou pessoas que empreendem em negócios veganos com dicas de marketing pela iniciativa Hiperveg, além de ter promovido diversos eventos.

#105 Robson Fernando

Ambientalista e ativista vegano, Robson se dedicou a falar sobre o veganismo interseccional no seu blog Veganagente.

#104 Sofia Menegon

Falou em seu instagram e canal no YouTube sobre veganismo e feminismo.

#103 Silvana Andrade

Fundadora do portal Agência Nacional dos Direitos Animais a jornalista produziu e coordenou muito conteúdo para a defesa dos animais.

#102 Caroline Soares

Noticiada em grandes publicações impressas e digitais, Caroline construiu um grupo para ajudar a tornar o veganismo popular e acessível, o Veganos Pobres.

#101 Thallita Flor

Vegana, preta e periférica, ela agregou a visão do veganismo/feminismo negro no movimento pelos animais.

#100 Juninho Sangiorgio

O guitarrista vegan e straight edge falou sobre veganismo em entrevistas e em suas redes.

#99 Matheus Croco

Biólogo fez diversos vídeos divertidos no Vegflix – sendo citado pela Xuxa – e divulgou o veganismo em suas redes.

View this post on Instagram

Você sabia que antes de toda essa podridão vir à tona este animal já estava na lista de ameaçado de extinção? Parece brincadeira mas não é. E em 5 anos isto pode se concretizar, principalmente agora com este """"novo mercado""".😒Mas indiferente destes seres estarem morrendo de fome e sede jogados em pastos desertos ou dentro de um abatedouro *reformulado a suas vidas nunca deveriam ser tratadas como mercadorias ou produtos a serem barganhados. Manifestos e formas de ajudar a coibir mais esta peripécia da nossa raça que se julga superior vc pode encontrar no @frentedefesajumentos Sigam e somem 💪🏼 #animalnaoecoisa #animalnaoeproduto #animalactivism #salvemosjumentos #nãoaoabatedejumentos #libertacaoanimal #animalliberationfront #animalnaoecomida #govegan #naovamosnoscalar #animalsente #naosejaindiferente

A post shared by Matheus Croco (@matheuscroco) on

#98 Talitah Sampaio

A atriz e cosplayer não fez muito ativismo mas falou sobre veganismo em suas redes.

#97 Fernanda Vasil

Fernanda falou sobre veganismo, minimalismo e simplicidade em seu canal no YouTube e instagram.

#96 Nicole Make

Nicole falou sobre veganismo, maquiagem e beleza em seu canal no YouTube e em seu site.

#95 Fernandinha

A atleta do vôlei profissional divulgou o veganismo em suas redes.

View this post on Instagram

Muitas ideias florescendo!Muito amor renascendo! Muitas crenças partindo! Muita prosperidade atraindo! Gratidão Deus, universo, #thetahealing, @naturalvibe, @luanaferreira, @natashaferraz e todos que estao fazendo parte desse movimento lindo, conscientes ou não. Hoje, dia 11.11.11, ganhei esse presentão do universo! Enquanto vim a Varginha visitar minha vozinha querida que caiu e está em coma profundo não induzido, entre tantas lágrimas e sentimentos muitas vezes contraditórios, de repente apareceu #Saothomedasletras, cheio de energia boa para que eu possa voltar pra minha vó que representa muito pra mim, com a energia revigorada! Pra ela, que merece tudo de melhor! Merece a paz! E muito amor incondicional! #vó #matriarca #honro #honromeusancestrais #saothomedasletras #gratidao #amoreounicocaminho #paz #deus #energiaboa #thetahealing #naturalvibe

A post shared by fernandinha03volley (@fernandinha03volley) on

#94 Ingrid Polini

Ultramaratonista e estudante de nutrição ajudou a desmistificar as dietas vegetarianas e divulgou o veganismo em suas redes.

#93 David Arioch

David lançou em seu site Vegazeta e em colunas do site ANDA diversas notícias e artigos sobre veganos e veganismo.

View this post on Instagram

Nada.

A post shared by David Arioch (@davidarioch) on

#92 Patrícia Zanella

Candidata a deputada federal, Patrícia participou de eventos veganos, divulgou o veganismo e a moda consciente.

View this post on Instagram

Go vegan baby! 🌱💚🍃

A post shared by Patricia Zanella (@patriciazanellasp) on

#91 Frank Alarcón

O biólogo especialista em ética, deu palestras falando sobre testes em animais, ativismo. Além disso promoveu ações para proteger os animais.

#90 Ioná Ricobello

Líder no Anonymous for the Voiceless, Ioná deu palestras e fez ativismo de rua, além de divulgar o veganismo em suas redes.

View this post on Instagram

Essa é uma história de trauma e superação! E foto de uma Ioná cheia de olheiras (de tanto dormir! Nem acredito) bem felizinha por ter conseguido fazer alguma coisa com aquafaba pela 1ª vez na vida! _ Quando me tornei vegetariana e entrei nos grupos de facebook (alô #ogrosveganos) lia muita gente falando dessa iguaria e de tudo o que faziam com ela e pensava que era caô. Como assim transformar água de cozimento de grão de bico em chantilly? E essa história de maionese delícia feita com um líquido que seria descartado – e que eu mesma já tinha mandado pia abaixo diversas vezes? _ Tentei fazer uma dessas mágicas pela primeira vez há uns 2 anos. Mas foi logo depois de cozinhar o grão de bico, a aquafaba estava rala, não deu em nada e o resultado foi só frustração. Passei um bom tempo sem me aventurar com a bichinha. Até que mês passado inventei de tentar a maionese gostosona que eu já tinha comido do @veganovitor (tem vídeo no canal dele) e, de novo, não rolou – mas dessa vez porque a quantidade era pouca e tem que reduzir bem pra acontecer a magia. _ E depois de uns dias de luta, ontem foi dia de glória! Aproveitei a água que sobrou do grão de bico do strogonoff do almoço e coloquei a batedeira, que eu não encostava há anos, pra funcionar! E o resultado foi essa lindeza aí da foto: aquele líquido amarelo cresceu e ficou com essa textura incrível! Agora o mundo que me segure, que eu perdi o trauma e quero mais é me jogar nas preparações com esse troço tão curioso & versátil & maravilhoso! _ Quem também ama essa mágica toda? E quem tem dicas de receitas? Se você tá que nem eu antes, com medo/preguiça, pode criar coragem com esse testemunho que a experiência foi muito bacana por aqui! 💘

A post shared by Ioná Ricobello (@ionaricobello) on

#89 Renata Morita

Renata divulgou o veganismo em suas redes e participou de ativismo de rua em diversas ocasiões.

#88 Vivian Mocellin

Líder da Animal Equality Brasil promoveu a discussão sobre o veganismo e realizou diversas ações incluindo a grande manifestação do DIDA.

#86 e 87 Andrea Fabrete e Emily Barbosa

Divulgando o veganismo, a alimentação saudável e vencendo competições de corrida, as veganas Andrea e Emily ajudaram a desmistificar a vida vegana.

#85 André Vieland

O publicitário e chefe em diversos projetos fez ativismo, da cozinha à música.

#84 Nyle Ferrari

A jornalista divulgou o veganismo e incentivou o consumo de produtos naturais.

#83 Carol Perdigão

Carol Perdigão é cozinheira e fotógrafa de comida. Em seu blog vegano, e em suas redes, ela ensinou como fazer receitas.

#82 Nanda Cury

Nanda Cury é frugívora e tem divulgado a alimentação e beleza consciente em suas redes sociais.

#81 Nathalia Soares

Nathalia Soares é idealizadora do blog Chubby Vegan e deu diversos cursos de culinária ao longo do ano, além de ensinar receitas.

View this post on Instagram

Turminha linda do curso de DOCES VEGANOS SEM GLÚTEN E AÇÚCAR de ontem! Foi a primeira vez que fiz esta aula em São Paulo ☺️ E foi bem especial: nesta turma falamos muito sobre intolerâncias/restrições alimentares e como isso pode ser complicado de lidar. Foi muito legal poder ver, de pertinho, pessoas que não comiam doces há muito tempo se deliciando. É muito bom poder fazer a diferença desta maneira! 💕 . Obrigada pela presença meninas! Sucesso para todas 😘 . Tudo com os chocolates incríveis da @chocolifealimentosfuncionais 💕 . Mais informações sobre aulas, datas, dúvidas: link do perfil ou por email: contato@chubbyvegan.net . Atenção: encerramos as atividades desde ano no dia 09.12. Obrigada pela compreensão 🙏🏻

A post shared by Chubby Vegan / Nathalia Soares (@chubbyvegan) on

#80 Kamili Picoli

Kamili é criadora do Vaca Ateliê Culinário. Durante o ano deu cursos presenciais e ensinou receitas em suas redes.

#78 e 79 Heron Jose Santana Gordilho e Tagore Trajano

Ambos continuaram a coordenar as publicações da Revista Brasileira dos Direitos Animais, além de fazer a promoção dos Direitos Animais em diversos eventos.

#77 Raíra Bergamo

Ela divulgou a musculação vegana em suas redes. Competiu e se destacou em competições.

View this post on Instagram

Oiii gente! To aqui no backstage, acabei de pedir pra alguém tirar essa Foto pra mim! Tão vendo esse sorriso ? Ele é sincero, puro, e transmite exatamente oq to sentindo AGORA E AQUI! Felicidade. 🌼Estou prestes a estrear na Wellness e realizar um sonho!! Além de poder ter muito mais noção do que preciso melhorar no shape pra que em breve eu esteja 100% no padrão da categoria! 🍀Muita felicidade e gratidão que transborda meu corpo! E olha que nem subi no palco ainda!! Mas já tenho o suficiente pra me sentir a pessoa mais feliz e realizada do mundo! Eu tenho milhares de pessoas se conscientizando comigo. Eu tenho capacidade de ser a VOZ dos animais. Tem prêmio melhor que esse? Com certeza nao’ ✨✨⚡️ #vegan #veganbodybuilding coach @biah_quiles suplementos @rakkaubrasil

A post shared by Raíra ✨Vegan Fitness Lifestyle (@rara.vegan) on

#76 Amorina Spinardi

A modelo divulgou o veganismo em suas redes sociais além de criar um canal no YouTube.

#75 Mariana Vidotto

A especialista em políticas alimentares esteve a frente do programa Alimentação Consciente Brasil e ajudou a disponibilizar alimentações à base de plantas em diversas cidades.

#74 Sandra Guimarães

Sandra fez ativismo pelos direitos animais na Palestina e em seu blog Papacapim. Veio também ao Brasil para falar sobre as intersecções entre veganismo e outras causas.

View this post on Instagram

Vim me apresentar, pois percebi (analisando as mensagens que recebo) que muitas pessoas que me acompanham aqui não sabem quem eu sou, onde moro, nem o que faço da vida. Sou de Natal/RN. Quando completei 20 anos deixei Natal e fui fazer faculdade em Paris. Fui pra Paris sem bolsa de estudos, sem apoio financeiro dos meus pais, só com as minhas economias, mesmo, e sem falar Francês. Chegando lá tive que continuar trabalhando pra me manter na cidade e poder fazer faculdade. Sou formada em Linguística, minha segunda paixão. No primeiro ano do mestrado me tornei vegana e minha vida mudou de cabeça pra baixo. Cozinhar é o que mais gosto de fazer então larguei o mestrado pra me dedicar à culinária vegetal. Logo em seguida deixei Paris, depois de 6 anos na cidade luz, e fui morar na Palestina. Morei 5 anos lá, trabalhando como voluntária em um campo de refugiadas. Foi aí que a militância por direitos humanos entrou de vez na minha vida e me tornei ativista em tempo integral. Na Palestina conheci Anne, que é francesa, fotojornalista e, assim como eu, ativista por DH e DA. Faz 10 anos que estamos juntas. Saí da Palestina em 2013 e desde então estou nômade. Morei (e trabalhei como chef) em Bruxelas, Londres, Beirute e desde o início do ano passado moro em Berlim. Atualmente colaboro com um projeto de queijo vegano incrível aqui e também ofereço serviços de chef a domicílio. Todo ano organizo tours político-ativista-veganos pra brasileiras na Palestina, onde moro uma parte do ano. E é assim, cozinhando e guiando, que pago minhas contas. Quando ainda morava na Palestina criei o Papacapim, um blog de receitas e histórias que existe há mais de 8 anos. O link tá na bio e quem quiser saber mais sobre a minha vida e trabalho deve dar uma olhada. Está tudo lá. Das brigas com a minha irmã ao meu trabalho com mulheres refugiadas, passando pelo último fora que levei. E receitas, muitas receitas. Vou fazer 37 anos daqui a alguns dias, sou extremamente introvertida (não confundir com timidez) e caseira, a velhinha que me habita pede pra estar na cama às 21h todos os dias, odeio balada com todas as forças e monogamia não me representa. Faltou responder algo? Pergunte nos comentários.

A post shared by Sandra Guimarães (@papacapim_sandra) on

#73 Laura Mocellin

A médica divulgou o veganismo e a alimentação saudável em seu instagram.

#72 Sandila Vieira

Com sua estética dark, Sandila fez sucesso no instagram e no YouTube dando dicas de maquiagem e produtos veganos.

#71 Samanta Luz

Samanta deu oficinas culinárias, ensinou receitas em suas redes e divulgou o veganismo.

View this post on Instagram

Hoje venho compartilhar com vocês algo lindinho. Lancei um e-book com 20 receitas inéditas para um café da manhã vegano e natural. É um e-book com receitas práticas e acessíveis… Já compartilho há algum tempo com vocês várias receitinhas que crio no dia-a-dia e agora lancei esse e-book com valor bem acessível para que você tenha manhãs deliciosas e ainda apoie meu trabalho 😊 . . Panqueca, pãozinho, muffin, smoothie, cookie e várias receitas 😋 SEM GLÚTEN . O link para comprar esta na Bio ( no meu perfil aqui do Instagram) você pode pagar com boleto se preferir ou cartão❤️ *O e-book custa R$9,90 . . . . Agradeço você que apoia meu trabalho e acompanha minhas publicações com tanto carinho ✨Te desejo os melhores cafés da manhã 🌻 . . . #glutenfree #zerolactose

A post shared by Samanta Luz | Vegana (@samantaluz) on

#70 Renata Schaitza

Comunicadora da ONG Animal Equality Brasil fez ativismo e divulgou em suas redes.

View this post on Instagram

Não sei nem o que dizer, muito orgulho em fazer parte dessa equipe e lutar ao lado de TANTOS ativistas fodas e maravilhosos. Desde 2008, a @animalequalitybrasil organiza anualmente durante o Dia Internacional dos Direitos Animais (10 de dezembro) uma manifestação pacífica e silenciosa em homenagem aos bilhões de animais explorados e mortos para consumo humano. Uma oportunidade para lembrar sobre a necessidade do respeito por outros animais com quem compartilhamos o planeta e chamar atenção para a necessidade de inclusão de todos os animais como sujeitos morais, de direito, capazes de sentir e sofrer. #DIDA2018 #DiaInternacionaldosDireitosAnimais #ManifestaçãoAnimalEquality #govegan #veganismo #AnimalEquality #AnimalEqualityBrasil #DireitodosAnimais

A post shared by Renata Schaitza (@renataschaitza) on

#69 Dado Dolabella

O polêmico ator usou suas redes para fazer ativismo pelos animais aos moldes de Gary Yourofsky.

#66, 67 e 68 Róber Bachinski, Thales Tréz e Bianca Marigliani

O trio fez um excelente trabalho para a pesquisa sem experimentação animal a frente do Instituto 1R.

#65 Tabata Iglesias

Falou durante o ano sobre maternidade vegana e empreendeu eu um bistrô.

#64 Sheila Donato

Sheila divulgou o veganismo junto à outras causas sociais.

#63 Thalita Lipp

A instrutora de yoga incentivou uma alimentação saudável e a compaixão pela espiritualidade.

#62 Camila Rosa

A ilustradora fez artivismo pelos animais e pelas mulheres.

View this post on Instagram

This pic is just to annouce that I’m gonna be on @rebelgirlsbook stories tomorrow. I’ll talk a little bit about the creative process behind the illustrations I did for the journal. If you don’t have any idea what I’m talking about, go to my highlight stories “Rebel Girl”. ✨✊️ 〰️ Essa foto é só pra avisar aqui que amanhã eu vou estar no stories do @rebelgirlsbook falando um pouco sobre o processo criativo por trás das ilustrações que eu fiz para o “I am a Rebel Girl: A Journal to Start Revolutions”. Se tu não faz ideia do que eu to falando, tem stories no meu perfil explicando. ✨✊️ . . #rebelgirls #rebelgirlsbook #illustration #art #grrrls #rebelgirljournal #feministbook #feminism #feminist

A post shared by Camila Rosa (@camixvx) on

#61 Luíza Brando

A modelo divulgou se opôs à exploração animal e divulgou o veganismo em suas redes. Estreou o seu canal no YouTube.

#60 Camila Botelho

A chef coordenou o departamento de gastronomia da SVB, participou de eventos e divulgou o veganismo em suas redes.

View this post on Instagram

Preta sem neve e suas maçãs 🍎 Eu adorava este desenho (branca de neve ❄️) Uma vez na escola brincando de personagens, eu disse que seria a branca de neve, inocentemente. É claro, meus amigos riram de mim e disseram que eu não poderia ser e eu não entendi porque. Eles disseram que eu teria que ser a bruxa que parecia mais comigo, eu obviamente chorei e não quis mais brincar. Eduque seus filhos com empatia, e não, não somos todos iguais! Ensine a eles que diferenças estão aí para serem inclusas nos grupos e que cada um tem a sua beleza e ninguém deve ser julgado, pois cada um também tem as suas fraquezas. #pretasemneve #lutecomoumagarota #schefcabotelho #reeducacaoalimentar

A post shared by Camila Botelho (@chefcabotelho) on

#59 Jessica Bastidores

Dona da conta Vegana Cacheada (que acabou sendo hackeada), Jessica divulgou o veganismo e fez ativismo vegano.

#58 Paulo Vitor

Conhecido como Paru, Paulo falou muito sobre Bodybuilding e nutrição.

#57 Luli Sarraf

A frente do Celebridade Vira-lata, Luli fez ativismo pelos pets. Concorreu para deputada para fazer a defesa dos animais.

View this post on Instagram

Grisalhas

A post shared by Luli Sarraf (@lulisarraf) on

#56 Marina Colerato

Marina divulgou a moda sustentável pelo site Modefica e por seu canal no YouTube.

View this post on Instagram

Mechas brancas passando na sua timeline. # Eu perdi as contas de quantos anos faz que não pinto o cabelo. E muita gente nem sabe porque eu, que curto pintar o cabelo desde adolescente, simplesmente resolvi não pintar mais. Apesar de conviver bem com meus brancos precoces e stressados, duas coisas na prática de pintar o cabelo começaram a me incomodar. A primeira delas é saber que a amônia, o triclosan e os metais pesados das tintas invariavelmente vão acabar nos rios e oceanos. Isso multiplicado por milhões de pessoas afeta brutalmente a vida marinha. Eu, enquanto vegana ambientalista, passei a enxergar que não basta um produto ser livre de crueldade e sem ingredientes de origem animal se quando ele desce por ralo abaixo, ele prejudica e mata. Depois, as embalagens das tintas não são recicladas. Então eu estava mandando lixo pelo ralo e lixo pro aterro sanitário. Eu fiz umas experimentações com henna, mas logo bodiei porque não chegava nos resultados esperados. Então embranqueci. E junto veio a tranquilidade de não ficar com a preocupação de retocar raiz. Isso não quer dizer que eu não vá pintar o cabelo nunca mais. Talvez eu pinte, talvez não. Mas só pra dizer pras amigas que estão embranquecendo que se você, por qualquer motivo não quiser pintar as madeixas, você não é obrigada, mesmo que te digam, direta ou indiretamente, que você é.

A post shared by Marina Colerato (@marinacolerato) on

#55 Priscila Kondo

Dando dicas de auto-ajuda Priscila divulgou a boa alimentação e o veganismo em seu podcast Vegan Coach e em suas redes.

View this post on Instagram

Como você deve saber, há muito tempo…. eu AMO estar com o corpo em Movimento ! Hoje o significado e os benefícios vão além da saúde física, é uma estratégia para manter me manter em foco e disciplina para outras áreas da minha vida. . . ⚠️Mas estava lendo alguns dados e fiquei bem assustada 😱: “Um em cada 4 adultos não pode ser considerado praticante de atividade física, diz a Organização Mundial de Saúde. Entre os adolescentes (11-17 anos), quatro em cada cinco são sedentários. Nos adultos, o sedentarismo está presente em 23% dos indivíduos; já nos mais jovens, esse índice é de 81%.” . . 👉🏼Vamos lá: Como forma de dar impulso para quem quer sair da inércia (e nada de esperar pro Ano que vem viu!). Eu consegui um bônus bem especial ❤️ exclusivo para você que me acompanha!!! . . 🎁 2 MESES DE ACESSO GRATUITO NO PLANO BLACK DA @smartfit !! 😱😱 Mas você tem que fazer sua inscrição já (porque só vale até o dia 30/11) . Use o código : priscilakondo. . Também está disponível no link da Bio!!! . . Vamos nos movimentar ???? . . #vaiqueéfácil #atletaveg #vegana #vegano #proteinavegetal #veganafit #forcavegana #smartfit

A post shared by Projeto AtiVida | Vegan Coach🌱 (@priscilakondo) on

#54 Giovana Fezer

A nutricionista ajudou pessoas a fazerem a transição ao veganismo e divulgou a alimentação saudável e à base de plantas em suas redes.

#53 André Polonca

O cantor sertanejo ajudou a quebrar paradigmas musicais declarando seu veganismo.

#52 Kaz

Raquel Sabino organizou o Nação Vegana Brasil unindo diversos ativistas e esteve constantemente nos protestos para proibir a exportação de animais vivos, além de participou do ativismo pela ONG VEDDAS.

#51 Monique Zuma

Divulgadora do veganismo e da consumo consciente, Monique fez ativismo e foi a eventos ensinar sobre culinária.

View this post on Instagram

Queria ter mais fotos desse evento, mas esqueci de tirar com a maioria das pessoas. 💔 O @vegfestbrasil me mostrou que somos muitos! Muitos veganos, vegetarianos, simpatizantes e interessados pelo assunto. Fiquei muito feliz com o convite da @sociedadevegetariana pra participar e amei a experiência de ensinar uma receita sem a barreira do celular, olhando no olho e podendo ver a reação das pessoas ao provarem. ❤️ Foram 3 dias de troca, conhecendo e reencontrando pessoas incríveis, assistindo a palestras, provando várias comidinhas numa bolha maravilhosa que de vez em quando cai mt bem! Hahaha Sempre existem pontos a serem melhorados, como a questão de tentar fazer um evento mais acessível, mas sei que já houve esse esforço e acredito que ele será ainda maior no próximo vegfest. Fazer um evento desse porte é difícil e o saldo final foi muito positivo! É bom demais ver que isso cresce a cada ano. Mas o que me fez sentir de verdade que não estou sozinha e me deu uma sensação imensa de pertencimento foi ver que o veganismo político vive e muito! Que tem muita gente boa levantando pautas importantes relacionadas não apenas à exploração animal, mas a todo tipo de exploração. Palestras incríveis como a das meninas @achatavegana e @babsimi (veganismo interseccional), da @thallitaxavier (veganismo na periferia) @cristalmuniz (abordando a questão do lixo que geramos e como podemos existir de forma mais sustentável), do @veganovitor e da @ionaricobello (sobre a anonimous for the voiceless e o ativismo de rua), chefs se posicionando na cozinha show (dei mole e não fiz isso 💔), pessoas adesivadas ou com bottoms andando pelo evento e mt mais… Isso sim me faz acreditar em um mundo melhor. Porque veganismo é luta e vai mt além do que a gente imagina quando começa a tirar a carne e os derivados de animais do prato. É sim um ato político, de questionamento do sistema e na minha visão não tem como ser diferente. Continuarei lutando contra toda e qualquer forma de opressão e exploração, animal ou humana, que é o que considero minha missão aqui. E agora com a energia renovada e extremamente motivada por saber que tem muita gente comigo nessa! OBRIGADA! #govegan #elenão

A post shared by Monique Zuma (@veganismoporamor) on

#50 Van Machado

Van ensinou receitas à base de plantas em seu canal Cozinha Alternativa, além disso falou de veganismo e fez ativismo.

View this post on Instagram

Sono desregulado, corpo inchado, coração já com saudade da família e dos amigos 💔 Mas tudo bem, cada escolha envolve uma série de consequências. Essa vida distante que escolhi pra mim vem com um pacote de coisas maravilhosas e outro de coisas não tão boas assim. Cada vez mais acredito que a distância geográfica não é esse horror todo que as pessoas pintam. Tenho medo é de distância emocional. Acho que pra mim a vida sempre vai ser isso, partir e voltar. Quero transitar ainda muito mais por aí e isso requer desapegos. Desapegar de pessoas e continuar amando-as é algo que venho trabalhando em mim há anos. Cresci ouvindo “não se pode ter tudo” sim, é verdade. Cresci e comecei fazer escolhas e vi que em cada uma delas, partes importantes iam ficando pelo caminho. Os de fé vão permanecer, os que precisam ir, irão em paz. Eu sigo tranquila ~ nem sempre ~ trilhando meu caminhosinho por esse mundo grande e louco. 🌸 um salve pra todas as minas que como eu, vazaram. #vegan #vegangirl #veganblogger #foodblogger #instatravel #girlsabroad #switzerland #foreigner #beyourself #betrue #love #world #jetlag

A post shared by Van Machado (@cozinhalternativa) on

#49 Maria Cecília Barbosa

Ceci do canal Bora Veganizar e do Vegflix fez diversos vídeos e também divulgou o veganismo em suas redes.

View this post on Instagram

Hoje eu escolho o amor, a paz, a compaixão, a tolerância, o respeito, a igualdade e a democracia. Eu nunca curti muito entrar em nenhuma discussão, de qualquer natureza, o que inclui política também obviamente. E acho que por isso sempre preferi ficar um pouco de fora, nunca me inteirar o bastante a respeito e raramente falo sobre isso aqui. Eu continuo não curtindo discussões, mas eis que descubro que o que eu faço neste instagram envolve política. Existir envolve política. Então foi impossível não pesquisar, ler, desmistificar alguns aspectos, levar em consideração a opinião e a dor do outro e apesar de não ter propriedade pra ficar debatendo sobre este assunto por aqui com vocês como a @papacapim_sandra, @virandovegana, @babsimi, @ionaricobello e @achatavegana por exemplo, eu tenho a convicção de dizer que candidato preconceituoso, machista, racista, homofóbico, que tem projetos que vão acabar com o meio ambiente e com os animais, que faz apologia à violência e que coloca em risco a liberdade de todos, não me representa em nada. Falando honestamente, pra mim não vai existir resultado bom hoje, mas tem um pior que o outro, ao MEU ver. Nunca fui PT, só que agora não é uma questão partidária, mas de humanidade. Se você discorda, eu acolho a sua opinião com amor. No fim todos nós queremos(pelo menos a maioria) um Brasil melhor para todos! Que Deus nos ajude a continuar enfrentando todos os desafios que vierem. . #lutecomoumagarota #lutecomoumanordestina #elenao

A post shared by Ceci Barbosa (@aceciliabarbosa) on

#48 Bruna Matos

Divulgando o veganismo e participando de eventos, incluindo o Vegfest, Bruna se destacou nas redes.

View this post on Instagram

Todo vegano já imaginou que nunca conseguiria ser vegano, né? E é natural. Estamos inseridos numa cultura especista onde os animais são considerados seres inferiores. Alguns são dignos do nosso afeto, outros estão aqui pra nos satisfazer. Desconstruir tudo isso não é fácil, mas é possível, uma vez que estivermos cientes do que significa ser vegano e de que essa escolha é capaz de salvar e transformar milhares de vidas. Fico pensando em como podemos fazer com que o veganismo cresça, com que atinja todas as pessoas, em todas as classes… 🤔 Aí entra a política: nossas escolhas como manifestação dos nossos ideais. Nossas escolhas em prol do bem estar coletivo. Por que veganismo é sobre política quando a maioria da população não tem acesso a alimento sem agrotóxico por causa de legislações que beneficiam a produção em larga escala mas não incentivam o pequeno produtor. Veganismo é sobre política quando o interesse dos pecuaristas é atendido em pleno domingo à noite para que o embarque de animais vivos para outros países aconteça ainda que o laudo veterinário aponte maus tratos. Política não é só quando a gente vota de 4 em 4 anos. A política está em todas as nossas ações e precisamos & vamos conversar sobre isso e inseri-la em todos os espaços dos quais fazemos parte. O veganismo me trouxe mais consciência de coexistência. Estamos todos juntos: animais, humanos, natureza e precisamos encontrar uma maneira de equilibrar essa equação de existir no mesmo espaço. O espaço, a terra, é direito de todos. Nesses quase três anos como vegana tanta coisa aconteceu, tanta coisa mudou! Desde o medo de não conseguir todos os nutrientes de que eu precisava, até entender a necessidade de conectar o veganismo com outras causas. Mas o que é cada dia mais certo dentro de mim é meu desejo de igualdade. Meu desejo de continuar falando sobre a causa, de desconstruir a ideia de que é difícil, de que não é possível, de que você tem que ser rico, de que na cidade pequena não dá, de que não vai ser bom, de que você vai perder algo. Não. No veganismo todos ganham: animais, pessoas, meio ambiente. Tem coisa melhor do que isso? Tem não! E vamos juntxs! ✊🏻💚 #DiaMundialdoVeganismo

A post shared by Bruna C Matos (@virandovegana) on

#47 Paula Shanel

Mostrou o veganismo em suas redes e vendeu produtos na sua loja vegana Unidelícias.

#46 Carol Destro

A influenciadora fez ativismo pela ONG Mercy for Animals, vídeos no canal Vegflix, palestrou no Vegfest e fez parte da campanha Beba Mais Leite Vegetal.

#45 Gabi Mahamud

Gabi incentivou a saúde, o consumo consciente e o veganismo por seu blog e canal no YouTube. Lançou seu livro Flor de Sal.

View this post on Instagram

Pro primeiro post sobre o meu emagrecimento e mudanças que aconteceram, decidi falar sobre o assunto que chegou na minha vida primeiro: ovário policístico. 🙃 Parte 1: Quando eu tinha 15 anos fui à uma gineco que descobriu e já me prescreveu anticoncepcional "como tratamento". 12 anos de AC e os últimos 2 pensando em parar. Quando minha mae teve cancer, finalmente parei! Os primeiros meses foram incríveis. Ciclo reguladinho, redescobrindo meu corpo, emoções, me reconectando comigo, até que os ciclos começaram a atrasar e fui buscar ajuda na gineco. Pronto: os cistos tinham voltado. 😶 Essa condição trouxe um novo desafio: quem tem problema de cistos nos ovários certamente tem resistência a insulina, e não se sabe quem vem primeiro, mas estão SUPER conectadas. A resistência insulínica é caracterizada pela diminuição da sensibilidade dos tecidos à ação da insulina, gerando importantes implicações metabólicas. Na SOP, ela provoca deterioração da função das células beta do pâncreas, resultando em intolerância à glicose. 😞 Tive que começar a controlar o índice e carga glicêmica dos meus pratos, dar uma controlada nos carboidratos e sobremesas. Esse foi o primeiro passo pra toda mudança com o meu corpo (emagrecimento e disposição – ver alguns posts pra trás) ☺️. A pele, tenho que confessar, não aguentei e estou tomando remédio pra acne! E sim, eu NUNCA achei que ia me render, mas se por um lado é ruim, por outro é ótimo! 🤷🏽‍♀️ Minha autoestima melhorou muito só por poder usar roupas sem preocupar com a acne nas costas, braços e colo; fora a despreocupação com maquiagem pra esconder as marquinhas que me incomodavam tanto. 🙂 Acho que, nesses casos, precisamos colocar na balança e pesar o que nos faz pior, o seu psicológico/emocional conta demais! ❤️ Posso escrever ou gravar um vídeo sobre esse assunto com mais detalhes, se quiserem ☺️ Me digam quais as maiores dúvidas que eu vou respondendo! No proximo post acho que vou contar um pouco sobre como essa história do ovário impactou também minha relação com meu corpo e minha feminilidade, que tal? ❤️ . Foto do querido @andersonangelico 😍 . #saudedagabi #gabimahamud #flordesalblog #ovariospolicisticos #sop #ginecologianatural

A post shared by Gabi Mahamud, blog Flor de Sal (@gabimahamud) on

#44 Mariana Rios

Divulgadora da alimentação crua, Mariana palestrou no Vegfest e divulgou o veganismo.

View this post on Instagram

⚡️#vegangirl #herbivore

A post shared by Mariana Rios (@oficialmarianarios) on

#43 Tayná Carvalho

Mostrou em seu canal Vegana Bacana que o veganismo pode ser bastante acessível.

#41 e 42 Anna Clara Camargo e Anna Lis Camargo

Donas do canal Não Conta Lá Em Casa, foram porta vozes da Bancada Vegana para o público jovem e empreenderam na Veganna’s.

#40 Hana Khalil

Com uma série de vídeos sobre a exploração animal, Hannah divulgou o veganismo.

#38 e 39 Mari Malagutti e Bia Barneschi

O casal dono do canal Viewganas divulgou receitas gratuitamente e incentivou o veganismo. Lançou também o sorvete Mondo.

View this post on Instagram

Há pouco mais de um ano atrás o Mondo era só um desenho feito de caneta numa folha de papel sulfite. Infinitas reuniões e testes depois, ele foi lançado no último domingo 🌱🍦… Muita MUITA gratidão por todos que compareceram com abraços e palavras amigas, por todos que participaram da concepção desse produto e fizeram esse sonho se tornar realidade. Veganation, estamos juntos nessa até o infinito e além. Amamos todos vocês 💚💋 . Começamos a postar as fotos do lançamento lá no perfil do @sorvetemondo … segue lá e ativa as notificações pra acompanhar. Se você foi fotografado, você vai aparecer por lá 🤙 . 📷 Fotos por @anacaat . #sorvetemondo #vegan #viewganas

A post shared by VIEWGANAS (@viewganas) on

#37 Lucas Bernardini

O modelo usou seu site e suas redes para divulgar a alimentação à base de plantas.

View this post on Instagram

Em homenagem a @segundasemcarne , @21diassemcarne e a @sociedadevegetariana ❤️ Uma sugestão é repensar a maneira como nos alimentamos. Se pergunte qual sua relação com os alimentos que ingere ? Você tem alguma ideia do valor nutricional que seu corpo precisa ? Você observa alguma relação entre sua alimentação, seu sono, funcionalidade do intestino, qualidade da pele/cabelo, propensão a imunidade baixa ? Saiba que alimentação naturalmente está intrínseca à tudo isso . Em algumas conversas vejo que diversas pessoas não relacionam-se saudavelmente com o próprio corpo e negam um auto cuidado com diversas justificativas. Acho delicado esse quadro, respeito que cada pessoa tem seu tempo para despertar. Acredito que a maioria dos vegetarianos e veganos que conheço estão dispostos a ajudarem aos que tem dificuldade sobre alimentação e o que deriva disso. Sinceramente tenho um desejo que os temas saúde, alimentação consciente, meio ambiente, fossem vistos com mais naturalidade e de prioridade comum. Também afirmo que não é mais caro se alimentar bem em comparação com as alimentações convencionais. Alimentar-se de grãos, cerais, leguminosas, vegetais, frutas, folhas, sementes, castanhas, não é caro como alguns falam. Vou marcar alguns amigos/as que podem te ajudar de coração aberto . #vegan #raw #organic #govegan #nature

A post shared by Lucas Galante Bernardini (@lucasbernardini) on

#36 KL Jay

Kleber Simoes, rapper do grupo Racionais, falou sobre consumo consciente, periferia e veganismo.

View this post on Instagram

Alma sã/corpo são @asicstigerbr

A post shared by Kleber Simoes (@kljaydeejay) on

#35 Juliana Couto

Dona da conta veganapratica, ensinou diversas receitas e falou sobre veganismo em seu site e redes.

#34 Beta Lotti

A jornalista falou falou sobre alimentação e veganismo em suas redes sociais e canal no YouTube.

View this post on Instagram

GO VEGAN!!!!! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ✨ Dalai Lama – "Simplesmente não há razão porque os animais devam ser abatidos para servir como dieta humana quando existem tantos substitutos. O homem pode viver sem carne." ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ✨Dr. Louis J. Camuti – Não creia que os animais sofrem menos do que os seres humanos. A dor é a mesma para eles e para nós. Talvez pior, pois eles não podem ajudar a si mesmos. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ✨ Albert Schwweitzer (Nobel da Paz – 1952) – Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seu semelhante. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ✨ "Virá o dia em que a matança de um animal será considerada crime tanto quanto o assassinato de um homem." – Leonardo da Vinci ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ✨ “Os animais que você come não são aqueles que devoram outros, você não come as bestas carnívoras, você as toma como padrão. Você só sente fome pelas criaturas doces e gentis que não ferem ninguém, que o seguem, o servem, e que são devoradas por você como recompensa de seus serviços.” – Jean-Jacques Rousseau (em "Emile") Considere o veganismo! Peça ajuda aqui nos comentários caso não saiba como começar! Seja vegan por amor ao planeta, a Deus e aos animais! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Fotografia: @brunodecastrophoto ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #govegan #vegan #veganismo #vegana #vegano #vegans #veganlife #veganos #veganistas #veganaporamor #crueltyfree #animal #protetoradosanimais

A post shared by Beta Lotti 🌱 (@betalotti) on

#33 André Ferrizzi

André divulgou uma alimentação saudável e falou sobre veganismo em seu canal no YouTube e redes sociais.

#32 Rodrigo Dorado

Ele nasceu na argentina, mas veio para o Brasil ainda criança. O ator deu palestra no Vegfest e falou sobre veganismo em suas redes sociais.

#31 Larissa Maluf

A influencer participou de diversas manifestações, falou sobre veganismo em vídeos pelo Vegflix e em suas redes, além de organizar o Limeira Veg.

#30 Taty Alencar

Por meio de esoterismo e espiritualidade, Taty informou sobre o veganismo em suas redes e seu canal no YouTube.

View this post on Instagram

Welcome 38 🦋🙌✨🌻🌞♏️ . . Resumo em verso e prosa dessa minha incrível jornada na terra, que posso dizer que é a melhor vida que eu poderia estar vivendo, porque é hoje e hoje é sempre o melhor momento das nossas vidas, ontem já foi e amanhã nem existe 😉 . . “Quando consciente fiquei, Mais inconsciência deixei, Quando culpa soltei, Mais leve fiquei, Quando sinais duvidei, Mais intensamente entreguei, Quando alto cheguei, Mais rápido voltei, Quando fundo cai, Mais alavancada para cima subi, Quando água chorei, Mais sementes semeei, Quando aberta fiquei, Mais profundo curei, Quando alegria sorri, Mais luz emiti, Quando desenhos pintei, Mais amor espalhei, Quando em vida morri, Mais camadas despi, Quando dores compreendi, Mais liberdade senti, Quando amores soltei, Mais amor me tornei, Quando passado perdoei, Mais o novo criei, Quando luz iluminei, Mais fácil limpei, Quando ego integrei, Mais compaixão espalhei, Quando impermanência aceitei, Mais leve tornei, Quando coração escutei, mais mente enganei, Quando presente fiquei, Mais vida escutei, Quando corpo envelheci, Mais sabedoria floresci, Quando medo desapeguei, Mais forte fiquei, Quando rótulo deixei, Mais fora da caixa pulei, Quando muito entendi, Mais não saber nada aprendi, Quando amor servi, Mais amor recebi, Enfim… Quando nada virei, Mais livre tornei.” . Ass. Aquela que brinca com as palavras como quem brinca com a vida, que tem muito e nada a aprender, que está no caminho mas também já chegou 🦋🌻. . Que eu seja sempre clara como o céu em dia ensolarado ao coração, e assombrosa como uma tempestade a mente desvairada e sem razão 🙌

A post shared by Taty Alencar (@tatyalencar) on

#29 Bárbara de Almeida

Bárbara ajudou a divulgar o veganismo acessível por suas redes no Vegana Pobre.

#29 Feliciano Filho

O deputado em 2018 não foi reeleito, no entanto, fez muito pelos animais propondo diversos projetos de lei contra a crueldade e a exploração deles.

#28 Mayra Cardi

Vegana e crudívora, Mayra divulgou o crudivorismo e uma alimentação saudável sem animais.

#27 Luisa Moraleida

Atriz e jornalista divulgou o veganismo e o consumo sustentável em suas redes e canal no YouTube.

#26 Ivan di Simoni

O Pecado Vegano falou muito de veganismo em suas redes e YouTube e participou de diversas manifestações, além de ter ido à grande mídia para ensinar receitas.

View this post on Instagram

Rico, sortudo e feliz. É como eu me sinto hoje. É Como continuarei me sentindo após a experiência de ontem. Animais são cheios de amor, confiáveis, verdadeiros em seus afetos, previsíveis em suas ações, gratos e leais. Prefiro me orientar pelas características dos "irracionais" então. E falar por eles quando eu posso. Quando aprendi os valores do veganismo meu mundo caiu. Entendi quem eu era e o tipo de pessoa que havia me tornado sem perceber. Egoísta e comodista. Logo eu que sempre busquei me espiritualizar, e fazer o bem. Fazer o bem? Como seria possível se eu prejudicava e gerava um sofrimento tão grande e tão extenso aos animais? Falar pelos animais se tornou a minha missão. Clichê? Talvez, mas é sincero. Ontem pude mais uma vez colocar em prática essa missão. No festival @limeiraveg , com a companhia e ajuda de diversos amigos queridos, e que lutam pela libertação animal assim como eu. Só poderia ser melhor se não precisássemos lutar por algo que deveria ser espontâneo, Compaixão. Tentamos ensinar algo que devia vir de dentro. Mas o que importa é que conseguimos conversar com muita gente e veganizar diversas pessoas. Todos esses que nos ajudarão, no futuro, a expandir mais essa consciência de que não devemos maltratar os animais. Participei da ação dos @anonymousforthevoiceless Participei de uma roda de conversa sobre veganismo com a @carolvidavegan , a @achatavegana e @malgadipaulaveg, que estava lotada, comi as melhores comidas veganas, conheci novos produtos. Cantei e dancei muito. Tudo isso com muitas risadas e abraços felizes por estarmos em um ambiente mágico, alegre e amoroso. Obrigado aos amigos que estiveram comigo e me fazem ter a convicção que desta vez eu to no caminho certo. Agradecimento especial a @diario_vegano que organizou esse evento que já se consagrou como a melhor feira vegana que já participei.

A post shared by Ivan Di Simoni (@pecadovegano) on

#25 Luísa Ferrari

Luísa divulgou o veganismo em cosméticos livres de crueldade animal em seu site e canal La Luisité, e também no canal Vegflix.

#24 Sabrina Fernandes

Sabrina divulgou o veganismo a partir de uma perspectiva ecosocialista e ecofeminista, em eventos e em seu canal no YouTube chamado Tese Onze.

#22 e 23 João Gordo e Rodrigo Lima

Os vocalistas falaram sobre exploração animal em entrevistas e fizeram ativismo empreendedor na central panelaço.

#20 e 21 Emiliano d’Avila e Natália Rosa

O ator do humorístico ‘Vai que Cola’ e a modelo, divulgaram o veganismo em suas redes sociais.

#19 Lucas Alvarenga

A frente da ONG Mercy For Animals fez ativismo pelas redes sociais, revelou investigações e participou de diversos eventos, criou também o site veganismo estratégico para defesa do veganismo de vertente pragmática.

#18 Camila Gomes Victorino

Pelo site e canal no YouTube Pensando ao Contrário, Camila divulgou o veganismo, consumo saudável e o budismo.

View this post on Instagram

Seja a mudança que você quer ver no mundo! Esté é o lema que acompanha minha vida, sempre tentando me melhorar como ser humano a cada dia! Mas, não pense que sou perfeita e nem quero passar esta imagem para vocês! Nem sempre o tempo que tenho é suficiente para fazer o que eu queria fazer! Às vezes, quero comer tudo saudável, mas a correria me impede de cozinhar como eu quero! Às vezes, esqueço minha garrafinha de vidro e aí, compro uma água com plástico! Às vezes, esqueço meu kit zero lixo! Mas, o importante é nunca desistir! A ideia é aprender com as minhas próprias dificuldades e entender que elas podem ser as suas dificuldades também! E mostrar que se eu consigo fazer pequenas coisas pelo mundo, você também consegue, mesmo com as dificuldades! O planeta inteiro está pedindo a nossa ajuda! Conte aqui nos comentários uma de suas dificuldades rumo a uma vida mais sustentável! Vamos compartilhar nossas dificuldades e compartilhar igualmente soluções para nos ajudarmos uns aos outros! – #vidasustentavel #lixozero #zerolixo #zeroplastico #vidasemplastico #semplastico #vegano #vidavegana #veganismo #vidasaudavel #sustentavel #permaculturaurbana #camilavictorino #pensandoaocontrario

A post shared by Camila G. Victorino (@pensandoaocontrario) on

#17 Flavio Giusti

O YouTuber vegano divulgou vídeos de culinária e também sobre veganismo. Além disso participou de eventos e fez ativismo.

#16 Vegano Vitor

Vitor Ávila foi o primeiro a trazer oficialmente para o Brasil a organização de ativismo vegano de rua Anonymous for the Voiceless. Divulgou o veganismo em seu canal e também fez parte do canal Vegflix.

View this post on Instagram

A pessoa na foto conversando comigo, pela primeira vez na vida viu imagens de como os animais são criados na indústria. Ele ficou chocado e não queria acreditar que aquilo tudo era verdade. Eu expliquei pra ele que as imagens que ele viu não estavam mostrando um caso à parte, estavam mostrando procedimentos padrão da indústria e legalizados pelo governo. Ele disse que não queria contribuir para o que ele via na frente dele.  Ele me disse que iria assistir aos documentários que eu indiquei e eu acredito que ele vai mudar o estilo de vida dele em breve. 🌱 Falar com as pessoas sobre o especismo não é sempre fácil, mas é necessário. Quantas pessoas por aí nunca souberam do que se passa na indústria e só precisam de uma conversa de 15 minutos para mudar um estilo de vida para o resto da vida? 🌱 Se você não é vegan, considere o veganismo. Se você é vegan, torne-se ativista! Precisamos de mais e mais pessoas fazendo esse trabalho se quisermos mudar os valores da sociedade no nosso tempo de vida. 🌱  Se você quiser fazer parte do @anonymousforthevoiceless em São Paulo ou qualquer outra cidade do Brasil, me manda uma mensagem no facebook.com/veganovitor 💚 📷 : @nicolezabukas #govegan #veganopelosanimais #vegano #vegan #vegana #veganismo #ativismo #veganactivism #anonymousforthevoiceless

A post shared by Vegano Vitor (@veganovitor) on

#14 e 15 Adriana Pierin e Danielle Simões

Parceiras na Move Institute, elas se engajaram para divulgar o veganismo pela arte e também fizeram diferença na política criando a Bancada Vegana.

#12 e #13 Bárbara Miranda e Thais Goldkorn

Bárbara e Thais fizeram um podcast para falar sobre veganismo e feminismo.

#11 Eric Slywitch

O médico e nutrólogo divulgou gratuitamente em suas redes e canal no YouTube boas recomendações sobre dietas vegetarianas. Participou de eventos e se opôs a crueldade animal.

#10 George Guimarães

Fez ativismo de rua e organizou o Encontro Nacional De Direitos Animais. O líder da ONG VEDDAS e da Sociedade Vegana incomodou pecuaristas e também Dráuzio Varela em suas palestras pró-leite.

View this post on Instagram

Esse planeta não para de me surpreender.

A post shared by George Guimaraes (@nutriveggeorge) on

#9 Ricardo Laurino

Presidente da Sociedade Vegetariana Brasileira, organizou o Vegfest e outros ativismos. Além disso fez vídeos informativos pelo canal Vegflix.

#8 Alessandra Luglio

A nutricionista falou sobre alimentação e veganismo na grande mídia e em palestras, além disso divulgou ambos temas em suas redes sociais.

View this post on Instagram

Olha a cara de felicidade da pessoa que deu 5 horas de aula seguida no Curso de Capacitação em Nutrição Vegetariana organizado pela @sociedadevegetariana 💚. Na Assembleia Legislativa de SP, em parceria com o deputado @robertotripolioficial e com o apoio da @proveg.inter serão dois dias inteiros de aulas capacitando profissionais de saúde que atuam na área de políticas públicas e prestação de serviços de alimentação coletiva. A SVB é motivo de orgulho para todos nós que voluntariamente doamos nosso trabalho e nosso tempo para mudarmos o mundo 🌎. Capacitar profissionais para que possamos vencer as barreiras dos mitos, empirismo e preconceitos que, simmm, existem na área da saúde é nossa meta. Assim tornamos o vegetarianismo e evoluímos em projetos de redução de consumo de proteínas animais de forma mais efetiva promovendo ciência e conhecimento. Só agradeço de poder fazer parte deste time! agradeço nossos patrocinadores e claro, MUITO obrigada aos 400 profissionais presentes! Somos uma NAÇÃO 🌿. #govegan #SVB #capacitacaovegetariana #plantbased

A post shared by Alessandra Luglio (@aleluglio) on

#7 Malga Di Paula

Conduziu a agência Veganistas de influenciadores veganos, fez ativismo e deu palestras sobre o veganismo.

View this post on Instagram

Meu #tbt de hoje é sobre o primeiro carinho que esse bebezinho recebeu. Ele foi separado de sua mamãe num sítio onde as "vaquinhas vivem felizes" . Quando eu perguntei ao dono qual a reação da mãe ao retirarem o filhote, ele respondeu rindo: . – Ah, ela berrou e chorou por uns 3 ou 4 dias, mas depois parou. . Eu conheço aquele homem, ele não é uma pessoa do mal. Ele faz aquilo automaticamente, porque foi isso que ele aprendeu com seus pais, que aprenderam com seus avós… Ele vive daquilo e ninguém ajudou a conscientizá-lo de que está errado afastar mãe e filho pra "roubar" o que a natureza produziu para ele . As mudanças acontecem através do conhecimento e das informações passadas com respeito. É preciso entender os outros para tocar o coração de cada um deles, sem agressão . As pessoas também precisam ser respeitadas e ajudadas a elevar a sua consciência para um nível de amor maior… entre todos . BORA ME AJUDAR A CONSCIENTIZAR AS PESSOAS SOBRE O RESPEITO PARA COM OS ANIMAIS? . Foto da minha sobrinha linda @mobertuzzi . #diadoamigo #felizdiadoamigo #animal #amigos #bezerro #bezerrinho #vaquinha #cow #baby #bebe #filhote #amor #lovely #carinho #cuidado #vegan #vegana #malgadipaula #malgadipaulaescritora #calf #fofo #fofura #cute #instacute #instavegan #instaanimal

A post shared by Malga Di Paula (@malgadipaula.veg) on

#6 Mari Morena

Mari falou sobre beleza e moda vegana em seu canal no YouTube e em suas redes.

#5 Alana Rox

A apresentadora do Diário de Uma Vegana da GNT, levou para o grande público o veganismo. Além disso fez ativismo em suas redes e empreendeu no restaurante Purana.

#4 Fábio Chaves

Infoativista fez notícias no portal Vista-se, cobriu eventos e se destacou no YouTube com vídeos informativos e de opinião.

#2 e 3 Xuxa e Junno

Após se tornar vegano, o casal falou sobre o tema e atingiu o grande público.

View this post on Instagram

#DancingBrasil ❤💃🕺 Equipe X 📸 @bladmeneghel

A post shared by Xuxa Meneghel (@xuxamenegheloficial) on

#1 Luísa Mell

Luísa Mell ajudou a dar destaque à manifestações, colaborou para o fechamento de estabelecimentos clandestinos de exploração animal e divulgou o veganismo na grande mídia.

# VEGPEDIA

Para acompanhar notícias, listas e artigos siga a vegpedia no Instagram e no Facebook ou assine para receber por email na barra lateral à direita 🙂

Se você gosta do conteúdo que produzimos, apoie-nos em apoia.se/veganismo

Anúncios

3 comentários sobre “Top 100 veganos brasileiros mais influentes em 2018

  1. Qual o critério para participar dessa lista? Entrou tanta gente nada a ver e não colocaram tantos perfis importantes, inclusive com muito mais seguidores e engajamento =(

    Curtir

  2. Nao entendi o criterios de classificaçao, mesmo assim ta valendo e que bom que a Luisa Mell é a numero 1, mulher igual a essa nao tem igual.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s