Manual pós-moderno anti-veganismo


Manual de como evitar críticas veganas e continuar sendo um especista (ou um vegan pós-mod) tranquilo:
  • Diga que o movimento vegano é racista quando dizem que os animais são escravizados.
  • Diga que o movimento vegano é xenófobo ao dizer que os animais vivem como num holocausto.
  • Diga que o movimento vegano é sexista ao dizer que as fêmeas animais são mais exploradas por conta de seu sistema reprodutor.
  • Sempre que houver uma analogia finja que não entendeu que os veganos quiseram dizer (para acabarmos com o sofrimento animal assim como estamos acabando com o humano) e afirme que estão rebaixando e desmerecendo as outras classes oprimidas (mesmo que isso não seja verdade).
  • Ignore que o humano é uma espécie animal, endeuse ele como superior, mas na hora de matar outros animais diga que é natural, ou mesmo tire sua dita capacidade de ser racional e deposite a escolha em sua fé.
  • Diga que o veganismo é um movimento burguês e que ser vegano custa caro mesmo tendo condições de ser vegano e aponte casos extremos do qual você não faz parte para sustentar seu argumento.
  • Ignore que a indústria pecuária ajuda a destruir o planeta, escraviza humanos e está constantemente fazendo lobbying político e envolvida em corrupção.
  • Relativize o sofrimento dos animais e finja que não dá para lutar pela libertação humana e pela libertação animal e ataque os veganos falando que eles perdem tempo enquanto há pessoas passando fome mundo afora (como se isso fosse culpa deles).
  • Coloque a vivência e o subjetivismo acima da realidade objetiva ignorando a condição que os animais não-humanos morrem bilhões ao ano e vivem numa opressão muito mais arraigada que as que permeiam desigualdade com os humanos e diga que tem nojo do veganismo e/ou dos veganos.
Pronto, agora você pode continuar achar que não oprime consumindo animais e isentar sua consciência de ter um pingo de compaixão. Seu status quo agradece.
Obs.: Existe machismo, sexismo e racismo dentro do movimento vegano pois existem vários indivíduos com comportamentos assim, mas é quase impossível achar um texto de ativistas veganos que falam que os negros, mulheres, religiosos ou pessoas de grupos historicamente oprimidos devam ser rebaixados e que sofram por estarem nestas condições, a parte teórica e filosófica do veganismo se apoia na senciência e em princípios éticos de igual consideração e não em discurso de ódio.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s