20 veganas brasileiras que você precisa seguir no instagram #2


Este post continua a lista de grandes mulheres veganas brasileiras para se inspirar. Veja a primeira parte aqui e também a série de homens para seguir aqui. Confira abaixo mais instagrams de ativistas e pessoas relevantes no meio vegano que você precisa conhecer. Claro, ainda está faltando muita gente interessante e importante, então a terceira parte da lista sai semana que vem!

1. Hana Khalil

Editora de vídeo e dona do canal que leva seu nome.

eu prefiro ir nua do que vestir pelo de animais. fur, pra quem não sabe, é pelo de verdade de raposas, cachorros, chinchilas e outros animais que naturalmente possuem pelugem fofa. como você acha que esse pelo é retirado? como você acha que um animal é tratado pra isso? bebês raposas são eletrocutadas pelo ânus, sem anestesia ou remédios, passam a vida toda em gaiolas minúsculas e vivem uma vida ATERRORIZANTE, onde são geneticamente modificadas pra ficarem o dobro do tamanho delas em pelugem, algumas não conseguem abrir os olhos de tanto pelo que cresce, não se movimentam, e morrem aos montes pra fazer apenas um casaco. como é fashion, trendy, cool ou qualquer outra palavra que esses malucos falam, usar um bicho morto no pescoço? eles estão usando dor e sofrimento de forma covarde, desnecessária e desumana. já podemos ver tantas marcas aderindo ao fake fur, que é a mesma coisa, só que sem COVARDIA, MEDO, DOR E ESTRESSE. não dá pra entender que isso ainda existe. NÃO FAZ SENTIDO! então, se você usa pelo de verdade e apóia isso, eu espero que você morra gritando, como eles morrem. PAREM DE USAR ESSA LOUCURA! #fakefurfriday

A post shared by HANA KHALIL ALBQQ هناء خليل (@hanakhalilal) on

2. Ingrid Polini

Ultra-maratonista e empresária criadora do site The Hilltop Vegan.

“Você é muito nova””Vai se arrebentar””nem tem uma maratona ainda” “pra que correr tudo isso?” Quantas vezes desde que eu decidi ser ultra eu não ouvi pessoas duvidando de mim? Me questionando? Mas isso nunca me parou, sabe por que? Quem gosta de fazer comentários negativos normalmente é quem não tem coragem de arriscar, tem medo de falhar. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Eu duvido da minha capacidade muitas vezes. Me bate uns desesperos achando que eu não vou conseguir. Eu sou devagar e morro de medo do tempo de corte. Sofro com a ansiedade. Mas sempre vou lá, tento e me arrisco. Não saber se vou conseguir terminar uma prova é o que me move, por que eu provo pra mim mesma que sou capaz de muito mais do que eu sequer imagino. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Pra quem achou que não ia nem completar a primeira ultra, ta ai a prova! E vou te falar, que ano que vem tem mais três e muito mais difíceis do que essas daí! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Eu sou Mulher. Eu sou Vegana. Eu sou nova. E eu sou ULTRAMARATONISTA. E nada tira o meu mérito. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ E você, vai parar de se limitar pelos seus medos e correr atrás do que você quer? ⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #Vádeskechers #veganshoes

A post shared by Ingrid Polini (@ingridpolini) on

3. Yasmin Brunet

Modelo internacional e lifestyler.

Pink pink pink 💖✨🧜🏼‍♀️

A post shared by 🌜✨Yasmin Brunet ✨🌛 (@yasminbrunet1) on

4. Luisa Moraleida

Jornalista e lifestyler é dona do canal no Youtube que leva seu nome.

5. Luíza Brando

Modelo fotográfica de São Paulo.

6. Mariana Vidotto

Especialista em Políticas Alimentares e membra da Mercy For Animals Brasil.

7. Mayara Pereira

Criadora do canal de lifestyle Manias de Maay.

Vai ter uma porrada de fotos com o cabelão sim!!! 😊 📷 @lorescozphotography

A post shared by MAYARA PEREIRA (@maniasdemaay) on

8. Monique Zuma

Divulgadora do veganismo e integrante do grupo Veganistas.

Bom diaaaa!! Hoje completo 1 ano de veganismo! 🎉 1 ano que me sinto em harmonia com a natureza e com todos os seres que habitam esse planeta. 1 ano que fiz a melhor escolha da minha vida pela qual sou grata tds os dias!! Não nasci vegetariana. Eu comia carne vermelha praticamente todo dia e não me dava conta de que estava me alimentando de morte e sofrimento. Uma amiga bem próxima (@laracshort) começou a fazer a segunda sem carne e a querer virar vegetariana e plantou uma sementinha em mim. Passei a enxergar a carne como ela é: uma vida que foi abreviada, por puro capricho, já que é comprovado que NÃO PRECISAMOS consumi-la. Um pouco depois tomei coragem de ver um vídeo que tinha sido compartilhado no Facebook que mostrava o quão cruel é a indústria do leite e da carne. Mostrava o estado das vacas, as tetas inflamadas, os bezerros gritando e eu só conseguia chorar e me sentir péssima  por compactuar com tudo aquilo. Foi aí que começou mesmo meu despertar. Essa minha amiga me marcava em textos e vídeos que me fizeram perceber o quanto eu era cega. Me fizeram ver que eu era uma feminista contraditória se me preocupava só com as mulheres e ignorava o fato de vacas serem estupradas e exploradas até a morte, literalmente (falei mais sobre isso no post sobre leite). Eu não conseguia mais conviver com isso, então decidi parar de comer carne e não tive recaída, pelo simples fato de que pra mim aquilo não era mais alimento. A transição pro veganismo durou mais ou menos um mês. Não compro alimentos ou produtos com algo de origem animal ou testado em animais. Vivo MUITO BEM assim, com uma paz de espírito incrivel. Criei esse perfil pra não desistir nem esquecer dos motivos da minha decisão, e funcionou tanto que hoje somos mais de 16 mil!! ❤ Todos ao menos interessados em um estilo de vida mais consciente e justo com o planeta, com os animais, com o meio ambiente e com nós mesmos. Esse post é acima de tudo pra agradecer! Tem gente aqui que não faz ideia do quanto me ajuda, me motiva e me engrandece. Eu tento ajudar e contribuir da forma que eu posso, mas  recebo mt mais em troca!! Vamos juntos plantar a sementinha do amor e da compaixão. Go vegan! 💚

A post shared by Monique Zuma (@veganismoporamor) on

9. Morena Bertuzzi

Engenheira química e idealizadora do site Nutrição Vegana.

O curso de cozinha vegana e natural na escola Il Sesto Sapore está chegando ao fim e, por isto, estamos fazendo algumas fotos para nosso perfil profissional. Não costumo falar muito do meu percurso, mas aqui vai um pouco: em 2007 me graduei em engenharia química pelo Instituto Militar de Engenharia. Embora a base do conhecimento científico seja aplicável para tantíssimos campos, no IME nossa formação é basicamente direcionada para a parte interesse militar, como explosivos, defesa química e biológica e similares. Desde então trabalhei no Exército Brasileiro, sempre com trabalhos e estudos voltados para estes interesses. Mas, no final de 2013, alguma coisa muito forte mudou em mim. Eu tinha assistido os documentários A Carne é Fraca e Terráqueos e não mais conseguia tolerar ver o sofrimento e corpos de animais no meu prato. Com isto, toda uma mudança de interesse profissional surgiu em concomitância. E agora? Comecei a pensar em como defender os animais e realizar uma atividade que pudesse me satisfazer e que colaborasse a atingir este propósito, que para mim se tornara a minha prioridade. Em 2016 comecei uma segunda faculdade, agora de Nutrição, querendo agora por em prática os meus conhecimentos prévios de Química aplicada à saúde humana. Mas eu queria buscar algo mais prático também. Queria aprender a cozinhar e assim poder transmitir a todos que é sim possível ser vegano, comer bem e saudável! E assim vim parar aqui em uma pequena cidade da Itália, passando por cima de um monte de dificuldades que não caberiam neste texto. Quero dizer disto tudo que a estrada não é fácil. Pode parecer pela foto que é tudo como uma novela, lindo e maravilhoso. Mas não, não o é! Mas que outra alternativa teria eu a não ser fazer o que o meu 💚 me pedia? As minhas dificuldades são incomparáveis a tudo que os animais passam. E isto é simplesmente a minha principal força motriz! Preciso ajudar a parar esta engrenagem do sofrimento e libertá-los. Gostaria então de te fazer um convite do fundo do meu 💚. Vamos comigo? #vegan #cuocavegana #vegano #cozinheiravegana #vegansofig #mulheresveganas #vegansofbrazil #vegansofitaly #veganwomen #govegan #sejavegano

A post shared by Morena Bertuzzi 🇧🇷🇮🇹🌱VEGAN (@theveganchemistry) on

10. Nicole Make

Maquiadora e criadora do canal no Youtube Nicole Make.

11. Natasha Mauerberg

Advogada sócia fundadora da Associação Brasileira de Advogados Animalistas.

12. Julia Harger

Fundadora do site Vegana é a Sua Mãe e escritora do livro Veganismo 101.

13. Rafaela Melara

Empresária e co-criadora do canal no Youtube Garotas Alfarroba.

Corrente Metal Pedra Salmão 💕

A post shared by ✤ Rafaela Melara ✤ (@rafaelamelara) on

14. Malga Di Paula

Escritora e empresária fundadora do grupo Veganistas.

No #tbt de hoje, essa foto de 2010. Eu com cara de exaustão, mas muito feliz, pois eu estava fazendo algo que eu realmente amava – apresentando Istambul para um grupo de empresários brasileiros. . Durante 7 anos a Turquia (terra de São Jorge), foi minha segunda pátria. Eu fui 25 vezes pra lá e coneci mais o país do que a maioria dos turcos. . Aos fundos, o Bósforo – canal que conecta o Mar de Mármara com o Mar Negro, sendo divisa entre dois continentes (europa e ásia). Istambul é a única cidade do mundo nesta situação geográfica, parte em um continente, parte em outro. . . #istambul #istanbul #turquia #turkey #bosforo #malgadipaula #vegana #malgadipaulapalestrante #veg #malgadipaulaescritora #vegan #mulher #woman #vida #life #govegan #vegans #viagem #foto #face #cabelo #foto #fotododia #outdoor #vacation #travel #traveling #viajando

A post shared by Malga Di Paula (@malgadipaula.veg) on

15. Raíra Bergamo

Atleta fitness e estudante de nutrição.

16. Renata Meirelles

Criadora da página Aprendendo a Ser Vegana.

17. Sheila Donato

Ativista e dona do The Fadas.

Dias lindos e intensos!! 💚 Teve coquetel e manifestação da @animalequalitybrasil ONG que chegou causando por aqui! 👏 Teve sanduba de linguiça vegana no @tubainabar pra provar que não precisa matar porcos pra satisfazer nosso paladar. 🐽 Quitutes incríveis na @simplesmente.co com as parças @ca_vetvegan e @laissaanja do grupo mais lindo @mulheresveganas ♥️ Teve pizza com muito queijo vegano CASEIRO pra provar que o leite é e deve ser exclusividade do bezerro! 🐮 Teve sushi com muita alga, cogumelos e tofu deliciosos pra dar um soco na cara de quem fala que não consegue ficar sem comer comida japonesa e por isso não vira vegano, sim, #nempeixe!!! 🐟🐙🦑 Com os amigos queridos @sullivan_sena @amirhamadcoach @achatavegana Teve a maravilhosa da @yasminbrunet1 arrasando pela causa e se deliciando com os nossos #browniesveganos @thefadas A amiga e amada parceira de maternidade Tabata @maternidadevegana A aniversariante e amiga e sócia mais foda desse mundo @kacortez21 com direito a um bolo delícia feito pela Tabata e @jhonnieveg pra nossa alegria. 💥 E ainda deixo de presente um show de beleza de veganinhos (desnutridos e horrorosos) pra finalizar e calar a boca da sociedade preconceituosa e egocêntrica que cisma que veganismo é elitista e difícil. DIFÍCIL É SER VACA, meu amor! 😘 #goveganporra #govegan #vegan #habitosnaosaonecessidades #difíciléservaca

A post shared by Sheila Donato (@veganwayoflife) on

18. Tabata Iglesias

Criadora do site de maternidade vegana O Novo Paladar Infantil.

19. Raquel Rache

Coach e yogi.

Comunicação 🗣 . Falei hoje com uma amiga/cliente: “Chega 2020 mas não chega dia 23!” 😫 . Dia 23, sábado, o planeta Mercúrio, responsável pela comunicação volta ao seu movimento normal. Mercúrio fica RE-trógrado algumas vezes por ano. É um bom momento para RE-avaliar, RE-pensar e RE-fletir 💭 . Esse MR, como é chamado carinhosamente, mexeu muito comigo! Testou minha paciência e me mostrou, com muita força e muita clareza, a importância de uma boa comunicação 👄 . Durante o período de MR eu fiz meu processo de Coaching (sim, Coaches fazem Coaching), o que me ajudou muito a ver o que precisava mudar 🙌🏼 . Foi fácil? Não? Sofri, chorei, olhei para as sombras que estavam escondidas e enxerguei muitas verdades nada agradáveis sobre mim 🙈 . Apesar de estar no caminho do auto conhecimento há muito tempo, ter alguém me ajudando a olhar para dentro e ir para cima foi fundamental 🔐 . MR está chegando ao fim, mas parece que nesse fim o tempo está andando para trás 🚶🏻‍♀️ . Hoje foi um dia muito desafiante, um dia que MR me pegou de jeito! O que me manteve consciente foi a minha prática de meditação e Yoga e as novas descobertas que fiz sobre mim e sobre como me relacionar com o mundo 🧘🏻‍♀️🕉 . Quando eu olhei para minhas sombras, com amor e sem julgamento, eu consegui ilumina-las e transforma-las 💫 . Estou pronta? Agora sou perfeita? DE JEITO NENHUM! A jornada é eterna e quero continuar me conhecendo para assim me transformar e evoluir 🐛🦋 . O processo de Coaching foi fundamental para mim. Você quer experimentar um mergulho profundo na sua alma? Me escreva e vamos marcar uma entrevista sem compromisso ☺️ . #VibreAltoSejaFeliz e se lembre que a Paz começa no seu prato 🕊 . Foto 📸 @vivianmoreiraphoto . #SejaAMudança #SejaFeliz #SejaVegano #MenteForte #SomosTodosUm #GuerreirosDaPaz #Empatia #CoachDeVida #Gratidão #VoteComSuasEscolhas #RepenseSuaVida #VivaSeuPropósito #YogaTodoDia #MRHorrorStory

A post shared by RAquel RAche 🦄 (@raquelrache) on

20. Mabel Moraes

Coaching e lifestyler.


Por que a lista é dividida em partes? Porque sempre surgem novas ativistas e pessoas de destaque no meio vegano, assim podemos sempre atualizar o conteúdo.

Por que estas pessoas? São pessoas que estão se destacando no meio vegano, seja por estarem realizando um bom ativismo em pról dos animais ou por estarem dando visibilidade ao veganismo.

Eu estou na lista mas não queria estar? As pessoas listadas estão aqui porque tem seus perfis aberto ao público, mas de qualquer forma é só falar pra gente que tiramos, sem problemas, nos desculpe se incomodamos.

Quero saber mais sobre elas, como faço? Acompanhe elas nas redes sociais! A Vegpedia pretende entrevistá-las em breve também, então fique de olho no site.

Faltou um perfil muito bom para seguir nesta lista, o que eu faço? Deixa nos comentários que o perfil vai ser analisado e pode estar numa das próximas listas!


Série: Veganas brasileiras que você precisa seguir no instagram

  • Parte 1
  • Parte 2 > você está aqui!
  • Parte 3 (em breve)
  • Parte 4 (em breve)

Série: Veganos brasileiros que você precisa seguir no instagram

  • Parte 1
  • Parte 2 (em breve)
  • Parte 3 (em breve)
  • Parte 4 (em breve)
Anúncios

5 comentários sobre “20 veganas brasileiras que você precisa seguir no instagram #2

  1. Faltou a @laurinhamt médica, bem articulada, passa ótimas informações sobre alimentação vegana e o perfil é bem vida real.

    Curtir

  2. Rsrs publiquei meu comment na lista dos meninos, mas aqui vai de novo! Eu acho que a Yasmin não é vegan, mas pode ter mudado e se mudou é ótimo! Eu queria sugerir a Camila Victorino, do Pensando ao contrário. Tem canal, Insta e site. Bem completo e me ajudou muito a mudar minhas atitudes. Fica a dica! Beijim!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s