O Brasil matou mais de 500 milhões de bovinos nos últimos 20 anos


Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Brasil já matou mais de 500 milhões de bovinos nas últimas duas décadas. A soma dos números entre o primeiro trimestre de 1997 e o primeiro trimestre de 2017 contabilizam 520.779.256 bovinos mortos pela pecuária, não incluindo possíveis outros animais mortos em abatedouros clandestinos e animais exportados vivos para serem abatidos em outros países.

grafico_bovinos_abatidos_ibge
O gráfico exibe a quantidade por cabeça de bovinos abatidos desde o 1º trimestre 1997. A maior marca foi registrada no 4º trimestre de 2013 contabilizando quase 9 milhões de animais. Fonte: IBGE

A pecuária ainda é um grande grupo de atividade econômica no país e acaba recebendo muito investimento e subsídios governamentais por conta da alta demanda proveniente do cultural consumo de animais e também da desinformação sobre a não necessidade deste hábito. Indo além, as motivações para o investimento na criação de gado vai desde de pouco preparo para o solo, que tem correlação com o alto índice de desmatamento para esta atividade, ao investimento de baixos níveis de capital.

O número de animais que passa de meio bilhão apenas de bovinos, é muito maior se expandirmos isto a toda a indústria de exploração animal. Há muito mais galináceos e peixes sendo mortos ao redor do mundo. Para além da pecuária, todo ano mais de 140 bilhões de animais são assassinados para o consumo humano, em números conservadores, isto é lamentável pois animais são seres sencientes e não objetos.

Ainda não há um meio objetivo de mensurar o sofrimento que cada animal teve, mas é possível dizer que pela quantia de indivíduos de animais não-humanos mortos – nem sempre de forma intencional como ocorre no caso dos bois somados – ultrapassa em muito o número de humanos que já morreram em toda a história da humanidade, algo por volta dos 110 bilhões. Vale dizer que os dados apontados são simplesmente sobre mortes, mas além disso há diversos estudos que mostram que a indústria de exploração animal destrói consideravelmente o meio ambiente e aumenta a disseminação de doenças em humanos.

calculadora_de_animais_mortos
10 segundos no site que projeta em tempo real o número de animais mortos ao redor mundo. Fonte: thevegancalculator.com/animal-slaughter/

As guerras, as desigualdades sociais entre nossa espécie e tudo mais são lamentáveis, e tendemos a lutar mais por elas porque somos humanos, mas é incontestável o fato que a exploração do humano pelo humano é numericamente minúscula se comparada a exploração animal. Se somados os outros trilhões de animais que já foram explorados, privados de liberdade e mortos pelos humanos podemos dizer que esta é a maior pratica de violência e de violação de indivíduos, a maior quantia de sofrimento causada, e a maior forma de opressão sistêmica já vista em toda nossa existência.

Cada animal tem o aparato biológico que o permite ter consciência, sentir dor e desejar viver livre e feliz. Eles tem individualidade e personalidade, são sujeitos e estamos os massacrando. É justamente por tudo isto que o movimento vegano e pela libertação animal é a luta e movimento de justiça social mais difícil e mais urgente. Enquanto lutamos pela paz entre os humanos podemos também lutar pela pela não-violência com os animais, basta que deixemos de investir nisso tirando eles de nossos pratos, de nossas roupas e que não os usemos para diversão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s