Estudo revela conexão entre atitudes especistas e sexistas


O artigo chamado “Opressão vinculada: Conectando atitudes com animais e gênero” em tradução, demonstrou que atitudes machistas e sexistas podem ter mesmo uma conexão como já postulam ecofeministas e defensores dos direitos animais.

As estudantes de psicologia Shirley M. Ogletree e Ashley Allcorn, avaliaram atitudes em relação aos animais, as normas de gênero e a várias formas de sexismo em uma pesquisa que contou com 260 homens e 484 mulheres de uma universidade no Texas.

A pesquisa que também apresentou aos participantes questões sobre suas razões para o consumo de carne, mostrou que as justificativas favoráveis ​​à ingestão de carne foram relacionadas às atitudes sexistas, bem como aos papéis tradicionais de gênero. Por outro lado, as atitudes favoráveis aos animais foram positivamente correlacionadas com questões de gênero.

Conclusivamente, os resultados que foram publicados na revista Feminism and Psychology, demonstraram que a tese das opressões estarem vinculadas faz sentido. Resta agora mais cientistas replicarem estudos do tipo para confirmarem que o conservadorismo se expressa de diversas formas e que a lógica da opressão com humanos que também se revela diante dos animais tem de fato ligação.

Anúncios

Um comentário sobre “Estudo revela conexão entre atitudes especistas e sexistas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s