A pecuária no Brasil: poder, discurso e publicidade

Todos os dias os brasileiros consomem toneladas de laticínios diariamente, mas boa parte deles não sabe de onde vem e como são produzidos todos os produtos desta indústria até chegarem a mesa. Desconectados daquilo que consumem e financiam não buscam informações sobre como os animais são criados, com o que se alimentam e como se sentem. Este texto se propõe a dar informações fiéis sobre o poder desta indústria e como ela funciona, do ponto de vista da própria indústria e também daqueles que se opõe a ela: os defensores dos animais. Além disso, irá falar sobre nossa relação com os produtos provindos de animais e como a indústria do leite utiliza-se da publicidade para incentivar o consumo.


PRIMEIRA PARTE – PODER ECONÔMICO E POLÍTICO (acesse clicando abaixo sobre o título)

O poder do ‘agro’, da pecuária e da indústria dos laticínios no Brasil e no mundo

A primeira parte ressalta o poder econômico e social-político da pecuária e da indústria dos laticínios, no Brasil e no mundo.


SEGUNDA PARTE – DISCURSO, PUBLICIDADE E MANIPULAÇÃO DE MÍDIA (acesse clicando abaixo sobre o título)

O discurso e a publicidade da pecuária e da indústria dos laticínios no Brasil

A segunda parte analisa o discurso e a publicidade da indústria do leite – e da pecuária – no Brasil e no mundo, além de contrapor com dados algumas afirmações equivocadas.


TERCEIRA PARTE – O VEGANISMO TAMBÉM É AGRO (acesse clicando abaixo sobre o título)

Os animais, o veganismo e o futuro da pecuária

A terceira parte do texto ressalta que o veganismo não irá acabar com o agro, ele irá adequar o mercado à um mundo ético e com respeito aos animais.

Anúncios