Frank Alárcon

Frank Jefferson Alarcón de Barrientos é um biólogo e especialista em bioética brasileiro.

É bacharel em Biologia Molecular pela Unicamp, mestre em Física-Química pela Universidade de São Paulo (USP), e doutor em Bioética e Ética Aplicada pela Universidade Federal Fluminense (UFF) com a tese “Usando Primatas Não-humanos em Neurociências: Uma Crítica”. Além disso, não concluiu um doutorado em genética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Frank é co-fundador do Instituto Luisa Mell de Assistência aos Animais e Meio-ambiente, co-fundador e porta-voz do partido ANIMAIS, Coordenador no Brasil da Cruelty Free International, estando envolvido com Ciência, suas aplicações de ponta e a militância na Causa Animal, respectivamente, há mais de duas/três décadas.

Tem experiência em clonagem, engenharia molecular, sequenciamento de DNA, elucidação / modelagem de peptídeos / proteínas e bioinformática.

Em 1997 foi agraciado pelo governo brasileiro (CNPq) com bolsa integral de doutorado (5 anos) na Universidade de Princeton (EUA) em virologia humana. No entanto, ele escolheu permanecer no Brasil e trabalhar de perto no primeiro projeto genoma brasileiro (Nature 406, 151-157; 13 de julho de 2000).

Frank é agora pesquisador permanente responsável pela busca, avaliação e aprovação final de solicitações de invenções relacionadas a assuntos biológicos (medicamentos, vacinas, cosméticos, alimentos, equipamentos, entre outros) na instituição oficial brasileira responsável pela Propriedade Intelectual.


vegpedia / wikipedia / lattes / escavador / site / facebook / instagram / entrevista


Texto formulado a partir do perfil do biólogo no site Linkedin em: https://www.linkedin.com/in/frank-alarc%C3%B3n-5663619/

 

Anúncios