James Rachels

James W. Rachels (30 de maio de 1941 – 5 de setembro de 2003) foi um filósofo americano especializado em Ética e Direitos Animais.

Nascido em Columbus no estado Geórgia, EUA, se formou na Universidade Mercer, nas proximidades, em 1962. Ele recebeu seu Ph.D. em 1967, da Universidade da Carolina do Norte, Chapel Hill, estudando com os professores WD Falk e EM Adams. Lecionou na Universidade de Richmond, na Universidade de Nova York, na Universidade de Miami, na Duke University e na Universidade do Alabama, em Birmingham, onde passou os últimos vinte e seis anos de sua carreira.

Em 1971 viu a publicação de sua antologia inovadora Moral Problems (Problemas Morais), que ajudou a impulsionou o movimento de ensinar questões práticas concretas ao invés de metaética em faculdades americanas. Moral Problems vendeu 100.000 cópias em três edições. Em 1975, Rachels escreveu Active and Passive Euthanasia (Eutanásia Ativa e Passiva), argumentando que a distinção tão importante na lei entre matar e deixar morrer não tem base racional. Originalmente aparecendo no New England Journal of Medicine, este ensaio foi reimpresso 300 vezes e é um marco no ensino de graduação. The End of Life (O fim da vida), lançado em 1986, ampliou e aprofundou essas ideias.

Created from Animals (Criado a partir de animais), de 1990, argumentou que uma visão de mundo darwiniana tem amplas implicações filosóficas, incluindo implicações drásticas para o nosso tratamento de animais não-humanos. Can Ethics Provide Answers? (A Ética Pode Fornecer Respostas?), de 1997, foi a primeira coleção de artigos de Rachels; The Legacy of Socrates (O Legado de Sócrates), de 2007, foi sua segunda coleção. O livro de Rachels, The Elements of Moral Philosophy (Os Elementos da Filosofia Moral), de 1986, é o seu livro mais vendido e um best-seller da filosofia. Pouco antes de ser diagnosticado com câncer, Rachels terminou Problems from Philosophy (Problemas da Filosofia), uma introdução ao assunto, publicada postumamente em 2005.

Ao longo de sua carreira, Rachels escreveu 6 livros e 86 ensaios, editou 7 livros e deu cerca de 275 palestras profissionais. Seu trabalho foi traduzido para o holandês, coreano, norueguês, italiano, japonês, indonésio, espanhol, português, chinês e servo-croata. Ele é amplamente admirado como estilista; seus ensaios e livros são notavelmente livres de jargões e desordem. Um tema importante em seu trabalho é que a razão pode resolver questões morais difíceis. Ele defendeu o vegetarianismo moral e os Direitos Animais, a ação afirmativa (inclusive as cotas), o uso humanitário da eutanásia e a ideia de que os pais devem tanto respeito moral aos filhos dos outros quanto aos seus próprios.

Cronologia

  • 30 de maio de 1941: Nasceu em Columbus, Georgia (USA).
  • 1941-1959: Foi criado em Columbus.
  • 1959-1962: Mercer University (Macon, Georgia), B.A. em Filosofia (1962).
  • 12 de agosto de 1962: Casou-se com Carol Williams (que se tornou Carol Rachels).
  • 1962-66: University of North Carolina (Chapel Hill), Ph.D. em Filosofia (1967).
  • 1966-1968: University of Richmond.
  • 25 de janeiro de 1967: Nasceu seu filho David.
  • 1968-1972: New York University.
  • 26 de setembro de 1969: Nasceu seu filho Stuart.
  • 1971: Moral Problems, primeira edição.
  • 1972-1977: University of Miami.
  • 1975: “Active and Passive Euthanasia.”
  • 1975: Duke University.
  • 1977-2003: University of Alabama at Birmingham.
  • 1986: The End of Life: Euthanasia and Morality.
  • 1986: The Elements of Moral Philosophy, primeira edição.
  • 1990: Created from Animals: The Moral Implications of Darwinism.
  • 1997: Can Ethics Provide Answers? And Other Essays in Moral Philosophy.
  • 5 de setembro de 2003: Morreu em Birmingham, Alabama, com 62 anos.
  • 2005: Problems from Philosophy.
  • 2007: The Legacy of Socrates: Essays in Moral Philosophy.

Tradução de seu site oficial: http://www.jamesrachels.org/JboBio.htm


vegpedia / wikipedia / site / facebook / instagram / entrevista

Anúncios