Novo coletivo em São Paulo une feminismo e veganismo pela libertação de todas as fêmeas


O coletivo FeminiVegan une mulheres que lutam para acabar com o machismo e também com a exploração dos animais não-humanos

Fundado na cidade de São Paulo, o coletivo FeminiVegan tem uma proposta que ainda não é muito comum em grupos e coletivos feministas, uma abordagem que intersecciona a luta das mulheres com a libertação animal e visa acabar com o machismo e com o especismo.

Segundo Ana Motha, idealizadora do coletivo “A ideia surgiu depois de algumas desavenças em grupos veganos. Chamei a Fer Gomes, que também é vegana e feminista, e criamos o Femini”. Agora o grupo já conta com mais de 15 mulheres.

A iniciativa deseja atingir públicos que tem acesso restrito a informação, como diz Ana: “O grupo tem a proposta de levar informação para mulheres periféricas, mostrando que somos todas fêmeas, animais sencientes, e que feminismo sem especismo é o ideal a ser atingido.”

Inicialmente o coletivo pretende ter encontros uma vez por mês e quer chegar à outras mulheres através da arte e de ações pacíficas, conversas sobre direitos dos animais e feminismo. As mulheres que quiserem fazer parte do coletivo devem entrar em contato pela página do coletivo no Facebook (link) ou no Instagram (link).

Dia 8 de março, foi anunciado também o primeiro podcast feminista vegano do Brasil, o Outras Mamas, que busca levar informação sobre a libertação animal e veganismo para mulheres.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s