Diretor James Cameron aposta no veganismo para tirar o viagra do mercado


Diretor dos aclamados filmes “Titanic”, “Avatar” e produtor executivo do ainda não lançado documentário vegano “The Game Changersdisse em entrevista ao The Star:

“Eu adoraria tirar o viagra de circulação, apenas por espalhar a palavra de uma dieta à base de plantas”

Uma das cenas do documentário é chamada por Cameron de “medidor de peter“; nela, três homens fazem um teste clínico no urologista, que indica que aqueles que se alimentaram de uma dieta vegetariana tiveram ereções muito melhores (com monitoramento de comprimento e perímetro) do que aqueles que consumiram produtos de origem animal.

O diretor diz que os homens tem mais dificuldade de aderir ao veganismo por conta de crenças acerca de proteína e que, sem carnes ou similares, não haveria ganho de massa muscular com a mesma eficiência. The Game Changers, espera ele, virá para desmistificar tais ideias: acompanhando a história de James Wilks, que viaja o mundo atrás de respostas sobre a necessidade ou não da carne para a alta performance física, são apresentados atletas, soldados, cientistas e celebridades que mudam a definição dele de força verdadeira, de acordo com o site oficial do documentário.

Apesar da dificuldade de ereção ser um problema que chama a atenção da população masculina, é importante ressaltar que é também o primeiro sintoma de doenças mais graves, como a aterosclerose. Apenas os alimentos de origem animal contém colesterol, o principal contribuidor para o avanço da doença, colocando os onívoros como grupo de risco. O colesterol é necessário para o corpo, mas é produzido naturalmente. Devido a cultura ocidental que incentiva o consumo de carnes, laticínios e ovos, as doenças do coração se tornaram a principal causa de morte nos Estados Unidos. Uma dieta vegetariana estrita previne esse problema e alguns outros, como diabetes, câncer e pressão alta.

Cameron também se preocupa com o meio ambiente, e acrescenta na entrevista que o consumo de carnes e laticínios precisa ser interrompido se os seres humanos pretendem sobreviver após o meio desse século. A maior parte do aquecimento global vem das produções animais, diz ele. Esse cuidado com a alimentação é incentivado pela WWF e os danos desse estilo de vida para a atmosfera provados cientificamente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s