Hambúrguer à base de plantas que se parece com carne é lançado no Brasil


A Fazenda Futuro, empreendimento do mesmo criador da empresa Do Bem, em parceria com a Good Food Institute, acaba de lançar um hambúrguer vegetal que se parece com carne chamado Futuro Burger.

O produto comercializado virá com duas unidades, terá o preço sugerido de R$16,99 e deve ser distribuído nas redes Pão de Açúcar, St. Marche, Zona Sul e La Fruteria, nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo..

Segundo o site da GFI, o hambúrguer é o mais próximo da carne já visto no Brasil e terá um grande impacto:
Esse produto veio para revolucionar a percepção que os brasileiros têm das carnes vegetais ao oferecer uma solução que realmente se parece com a carne, tanto na textura, quanto no aroma, sabor e aparência.”

Resta saber se o produto terá a qualidade dos famosos hambúrgueres das empresas internacionais Beyond Meat e Impossible Foods.

Carne vegetal

O mercado de carnes vegetais é um mercado promissor e está se concretizando. De acordo com uma pesquisa recente as vendas de ‘carnes’ à base de plantas aumentaram 451% na Europa, já de produtos veganos cresceram 196%.

A mudança vem ocorrendo devido a maior preocupação das pessoas com o meio ambiente e com os animais, isso tem refletido fortemente na economia que exige alternativas à pecuária que é um dos grandes problemas para o planeta.

Relevância mundial

No último ano a ONU reconheceu os esforços da indústria que fornece uma alternativa sustentável à pecuária, uma das principais colaboradoras na emissão de gases estufa, e consequentemente do aquecimento global.

Os empreendedores norte-americanos Ethan Brown e Patrick Brown, criadores das startups Beyond Meat e Impossible Foods, respectivamente, receberam em setembro o prêmio Campeões da Terra (em inglês, Champions of the Earth), o maior prêmio de meio ambiente das Nações Unidas, que é dado anualmente desde 2004.

Já o Fórum Econômico Mundial lançou um relatório em que examina os benefícios de substitutos da alimentação tradicional à base de animais, mostrando diversos benefícios. O documento sugere que precisamos “integrar mais alternativas de proteína à base de plantas na dieta mundial, a fim de melhorar significativamente a saúde humana e a sustentabilidade ambiental”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s